logotype

Violeiro em Destaque

A Casa dos Violeiros homenageando e
contando um pouco da história de seus moradores e visitantes.

 

Pininha e Verinha

 

 

Pininha iniciou sua carreira estimulada pelo pai radialista e humorista de Guaxupé (MG), Zelão (Arlindo Thomáz Vianna),muito conhecido no meio sertanejo e amigo de grandes nomes como Tião Carreiro e Pardinho, Tonico e Tinoco, Dino Franco e Morai, Liu e Léo, entre outros excelentes artistas.  Zelão foi ainda radialista nas Rádios Bandeirantes, Nacional, Nove de Julho e por último, Rádio Boa Nova de Guarulhos.

Em 1958, formou dupla inicialmente com Cidinha, com quem gravou o corrido "Meu Cavalinho" (J. M. Alves - Lourdes Guimarães) e o rasqueado "Desengano Cruel" (Pininha - Cidinha), dois grandes sucessos da dupla.

Em seguida, Pininha passou a formar dupla com Verinha, com quem gravou no ano seguinte, o arrasta-pé "Moreno do Paraguai" (Dois Coringas - R. Gonçalves) e o valseado "Me Leva" (Priminho - Elpídio dos Santos), que foram dois grandes sucessos consagrados da nova dupla.

Eram sempre acompanhadas pelo pai Zelão, orientador da dupla, que também fazia o papel de apresentador e animador nos shows da dupla, e ainda compositor de lindas músicas, como a guarânia, Sou eu (Zelão e Roque de Almeida), o arrasta-pé, Moço bonito (Zelão e Francisco Lacerda) e, Desconfiada, (Jeca Mineiro eZelão), gravadas por Pininha e Verinha. Zelão divide com Tião Carreiro e Lourival dos Santos a autoria da música “Viola Chic Chic”.

 (Clique aqui ouvir este belo solo de viola caipira)


Em 1958, Pininha e Verinha, aclamadas pela “Revista Sertaneja”, revista especializada no meio artístico, como o Melhor Duo do Ano, receberam honrosamente o troféu Viola de Ouro, muito cobiçado pelas duplas sertanejas. 


(Pininha e Verinha com os amigos José Neves e Lusmar do Duo Esperança, de Rancharia)

 

Vivendo agora uma nova fase, Pininha e Verinha se vêem novamente livres para se dedicarem à carreira artística. Elas voltaram e, há pouco tempo atrás, apresentaram-se no programa "Raízes do Brasil" (atualmente no horário das 05:00 às 07:00 da manhã, sob o comando de Muibo César Cury, um dos mais tradicionais apresentadores do rádio paulista (e também compositor de "João de Barro" juntamente com Teddy Vieira), na Rádio Cultura-AM de São Paulo-SP, quando elas também apresentaram um novo CD com músicas remasterizadas às quais gravaram ao longo da carreira.

 

Sertão de Ouro, álbum da dupla Pininha e Verinha contém 11 faixas excelentes, incluindo os destaques
 “Colcha de Retalhos", "Chá de Canela" e "Força da Viola".
 

1. Colcha de Retalhos
2. Moreninha Linda
3. Casa de Caboclo
4. Pode Chorar
5. Aliança Contrariada
6. Tô Querendo
7. Me Leva
8. O Chupim
9. Chá de Canela
10. Não Vá
11. Força da Viola

 
 

Pininha e Verinha também se apresentaram recentemente no "Viola Minha Viola", que foi ao ar pela TV Cultura de São Paulo, nos dias 10 e 11/01/2004, e outubro de 2006, apresentado pela "Madrinha" e Comendadora Inezita Barroso. No programa elas interpretaram "Moreno do Paraguai" (Dois Coringas - R. Gonçalves) e, "É Brincadeira" (Muniz Teixeira - Maracaí). Pininha e Verinha se apresentaram também, no programa de TV "Unindo o Brasil", no dia 18/09/2005, programa nº. 31 gravado em Guarulhos/SP. Nesta data, também estiveram presentes os amigos Tião do Carro e Santarén, além de outros grandes nomes do meio sertanejo.

Para ver o clipe basta acessar o link abaixo.
http://www.unindoobrasil.com.br/programas/prog31.wmv

 


Contatos para Shows
(11) 3998-7058
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

À minha querida prima Pininha e à Verinha, dedicamos o nosso maior carinho e os votos que se mantenham sempre na estrada do sucesso. Cleber Vianna, o Homem da Viola.

 

 

 

Downloads

Cavalinho Pampa
Chorei de Saudade
Viola Chic Chic
 

Fontes: Cravo Albin: www.dicionariompb.com.br

Boa Música Ricardinho: http://www.boamusicaricardinho.com/

2018  Casa dos Violeiros