logotype

A Casa dos Violeiros homenageando e
contando um pouco da história de seus moradores e visitantes.

 

Junior da Violla

 

Novembro de 2001
Gravação do Programa
Celia e Celma

Nascido em 02 de Janeiro de 1978, Ernestino Ciambarella Junior ( Junior da Violla ) desde muito pequeno acompanhava pelo rádio da casa do avô, músicas deTião Carreiro, Tonico e Tinoco, Zé Carreiro e Carreirinho, entre outros. A carreira musical começou cedo. Em 1983, aos cinco anos ganhou o primeiro instrumento: um teclado Cassiotone, aonde aos seis anos de idade compôs a primeira música de sua autoria ( "O Amor"). Em 1990, aos doze anos, passou a integrar o grupo Sus Four como percussionista, cargo que manteve até 1992.

 

 

Junior da Violla

Em 1993 teve o primeiro contato com o Violão, e aos 17 praticou Baixo, participando do grupo de heavy metal"Web of Spider". O interesse pela Viola Caipira surgiu aos 18 anos quando viu Almir Sater pela primeira vez. Levou a Viola por outros estilos como Blues e Rock, passando por grupos como Blood Eyes e WhyRock. Em Janeiro de 2000 conheceu o professor Rui Torneze de Araújo, o qual se tornou seu mestre e principalinfluência.

 

 

Atuou como membro efetivo, entre Fevereiro de 2000 e Agosto de 2001 na Orquestra Paulistana de Viola Caipira, tendo participado de programas de TV comoViola Minha Viola, Programa Célia e Celma, Globo Rural, entre outros, além de vários shows pelo interior de São Paulo, tocando em cidades como Itapira,Tatuí, Cunha, São Luís do Paraitinga, e noSESC de Santos.

 

Em Março de 2000 passa a ministrar aulas particularesde Viola Caipira em São Paulo, estando a partir de Agosto de 2000 ligado àEscola de Música Opus. Fez parte do quadro de alunos de Viola Caipirada ULM entre Janeiro e Agosto de 2001. e assumiu a cadeira de Viola Caipira da Escola Livre de Música Pich&Bend aonde em  30 de Setembro de 2001 faz um workshop de estréia.

Março de 2000
Junior e Carreirinho
Foto de Grande Orgulho
do amigo Junior da Violla

 

Trabalhou com o flautista Nelson Barbosa e com o grupo Falsos Profetas aonde misturou a Viola Caipira paulista com a sanfona nordestina. Em Novembro de 2001 grava comNelson Barbosa para o programa Célia & Celma e vence atuando com a duplaLulu e Zé Gaucha, o 7º Festival de Música da UNICSUL, levando o prêmio de "1º lugar" e "Melhor Arranjo". Em16 de Dezembro de 2001 estréia com aOrquestra Sinfônica Caipira. EmAbril de 2002 grava novamente para o programa Célia e Celma com o recém fundado grupo "Som da Terra" e se torna endoser das Violas Rozini. Também ao longo do ano de 2002 passa a estudar harmonia funcional e improvisação com oprofessor Fábio Negrone.

 

Em agosto assume a cadeira de Viola Caipira da Escola de Música Jam Session. Em Setembro de 2002 muda o nome de sua orquestra paraOrquestra dos Violeiros de São Paulo começando então uma verdadeira maratona de shows tocando em casas como Rancho 21, Gruta da Serra e faz um show histórico no Shopping Anália Franco. Em Janeiro de 2003, passa a atuar também como professor de Viola Caipira do Núcleo de Arte Musical NAM.

 

Em Maio de 2003 forma a dupla Junior da Violla & Tardiolli, fazendo a primeira apresentação oficial no bar Paiol, em São Paulo a 16 de Maio de 2003. Infelizmente a dupla não vingou. Em Agosto, Junior da Violla sobe ao palco pela ultima vez frente a Orquestra dos Violeiros de São Paulo. Grava também em 2003 viola para o CD da cantora Sandra Vianna, na faixa “Original”, que dá nome ao disco.

 

Com o fim da orquestra e com o elevado número de alunos, Junior se retira dos palcos por um tempo, mas sempre ativo, passando no começo de 2004 a escrever matérias para a revista "Viola Caipira".

 

Em Janeiro de 2004 participa da gravação do CD da artista Zenaide Emídio e se torna endosser das Violas Hootz. No final do mês de Fevereiro de 2004, Junior da Violla a bandade "rock caipira" Caipira Elétrico, cuja aatenção é dar asas a viola mostrando todasua potencialidade indo desde Tião Carreiro á Jimi Hendrix.

 

Em Março de 2005 forma a banda Maraska, também uma banda de rock aonde a viola se faz presente. Para 2006, há vários projetos em andamento. Um deles é a aula de viola online, curso totalmente pioneiro no  Brasil, aonde alunos do Brasil inteiro poderão ter aulas do instrumento. Junto a isso a reformulação do site http://www.juniordaviolla.com.br, no ar desde 15 de Agosto de 2001 e hoje uma das maiores referência de pesquisa sobre viola caipira na internet. Também se matriculou no curso de composição da Faculdade de Música da FAAM e pretende também voltar à ULM para terminar o curso de viola caipira.

 

Maiores informações pelo sitehttp://www.juniordaviolla.com.br . Nele você poderá encontrar músicas, fotos e muitas informações sobre a carreira de Junior da Violla e sobre a Viola Caipira.

 

 

2018  Casa dos Violeiros